Já não sei mais se luto... ou se continuo de luto!

Era pra ser com certeza uma semana cheia de histórias e estórias pra contar e relembrar...

Após um dos finais de semanas mais bacanas em cima da bike com o início do projeto das serras do Brasil, esses com certeza seriam dias de descanso e de lavar a alma.

Incrível é que os prazeres que o esporte nos traz, esse país miserável nos tira muito mais rápido.

No domingo, ainda nas serras gaúchas recebemos a triste notícia do 1o assassinato da semana - um motorista embriagado tirou a vida de um ciclista em Floripa, terra do IM... Mesmo que fosse a terra do comando vermelho, isso não seria aceitável. Pelo simples fato de não ter sido o primeiro e nem o último (como viríamos descobrir apenas 3 dias depois)



Na terça-feira um grande atleta aqui da região teve MUITO mais sorte ao ser fechado por um inconsequente que estava brincando com a sua "máquina de destruição de massa... e ossos... e vidas..."

Graças a Deus o Bruno (Lemão) escapou somente com um braço quebrado! Mas a revolta com certeza continua em nossos sentimentos! Espero que isso não atrapalhe a grande trajetória dele esse ano na preparação pro IM!

E hoje, mais um horror! Mais um assassinato a sangue frio! Mais uma ação de um "cidadão" fruto de um país sem leis, ou com leis que não fazem a menor diferença...

É triste de ler, muito mais de compartilhar... Mas o momento de passividade já passou faz tempo.

Acredito ser essa a hora de começarmos a fazer alguma coisa, nem que seja - parafraseando a amiga Vivi de Curitiba - que "tenhamos que virar Yorkshires para termos alguma atenção da mídia ou das autoridades".


Ciclista morre atropelado por caminhão durante treino na BR-277


O Luto continua enquanto a luta começa!

Meus pêsames à todos nós

LODD

3 comentários:

ciro violin disse...

Complicado isso!

Isso é uma questão de probabilidade...

vai acontecer com um de nos.

Ja aconteceu, e vai acontecer de novo, e estaremos divulgando nos nossos blogs que um amigo faleceu

Complicado isso!

A gente sai, mas não sabe se volta

Bem complicado...

Daniel Cristiano disse...

Não é complicado não Ciro, é bem simples! é como o vídeo que você postou no seu blog em que a "dita cuja" lá disse o que disse..... no ciclismo além de estarmos totalmente vulneráveis fisicamente em caso de acidente ainda existe o DESCASO primeiro da indústria automobilística que quer vender a todo e qualquer custo, e da miséria do ser humano que precisa cada vez mais de um carro maior, mais veloz.....

Beto Nitrini disse...

LODD, concordo com o Ciro, Pode acontecer com qualquer um de nós.
O que podemos fazer é andar sempre em grupos de pelo menos 5 atletas, o que aumenta a visibilidade e torcer para que nenhum animal embriagado cruze nosso caminho.
O que eu acho lamentável é que vemos todos os dias notícias de acidentes fatais envolvendo motoristas alcoolizados, mas nunca vemos nenhum deles ser preso.
Como eu disse uma vez no meu blog, seu cachorro não sobe no sofá por que se subir toma uns tapas! O ser humano é um animal que funciona do mesmo jeito, sem punição repete as mesmas ações indesejáveis.

Cuidado, boa sorte para nós!